Vale a pena fazer curso técnico EAD? Entenda

curso tecnico ead

Desconto nota do Enem

Quando alguém está buscando ingressar rapidamente em uma carreira, ou deseja adquirir habilidades profissionais, é muito comum ficar em dúvida sobre qual é o melhor caminho a seguir. Como estamos na era digital, entre os questionamentos que surgem está se vale a pena fazer um curso técnico EAD e se existe uma possibilidade mais atraente — como uma faculdade de curta duração na mesma modalidade.

Se você está pensando em ampliar seus estudos ou ingressar em uma nova profissão, criamos este post pra falar sobre como são os cursos técnicos EAD. Venha conosco!

Quais as vantagens e desvantagens de um curso a distância?

Nos últimos 10 anos, o ensino a distância teve um boom no Brasil, representando milhões de alunos matriculados em diferentes cursos (técnico, graduação, pós-graduação, cursos livres e corporativos). 

Para você ter uma ideia, um levantamento da Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (AMBES) mostrou que, somente na graduação, o número de matrículas em cursos EAD corresponde a 54,3% do total. E um detalhe: na última década, a procura por faculdades EAD cresceu nada menos que 428,2%, enquanto as presenciais encolheram 13,9%. 

Por quê? Vários fatores levaram a esse fenômeno, como maior confiança nos cursos, mensalidades significativamente mais baratas, aceitação dos diplomas no mercado, melhor infraestrutura de apoio para o aluno, aperfeiçoamento das plataformas de ensino, apoio do governo, entre outros.

Porém, quais as vantagens e desvantagens do EAD para o aluno? Veja!

Vantagens

  • Método de ensino moderno.
  • Plataforma com vários recursos para estudo (vídeos, artigos, aulas ao vivo e gravadas, bibliotecas online, jogos, etc.).
  • Flexibilidade de horário para estudar.
  • Avaliação continuada.
  • Ensino mais personalizado.
  • Não precisa ir todo dia à instituição.
  • Cursos geralmente mais curtos.
  • Mensalidades mais baratas que nos cursos presenciais.
  • Diploma com a mesma validade de um curso presencial.

Desvantagens

  • Dificuldade em lidar com as plataformas.
  • Não conseguir se organizar nos estudos.
  • Sentir-se desmotivado ao estudar sozinho(a).
  • Dificuldade de concentração.
  • Problemas com internet e dispositivos.
  • Sentir falta do contato presencial com colegas e professores.

Quais os prós e contras de um técnico EAD?

Especialmente para quem não tem um diploma universitário, o curso técnico EAD é a ponte para o ensino superior. Por isso, é um tipo de formação muito procurado por jovens que ainda estão no ensino médio ou por pessoas que concluíram os estudos da educação básica já adultos.

Mas os cursos técnicos não são voltados apenas a esses públicos. Muitas vezes, você já tem um diploma do ensino superior, porém decide fazer um curso técnico para se especializar em uma determinada habilidade que uma pós-graduação não ofereceria.

Digamos: uma pessoa que estudou Enfermagem, mas vai trabalhar com procedimentos e exames oftalmológicos. Neste caso, um curso técnico poderia ser a saída. 

Então, vejamos as vantagens de fazer um curso técnico EAD:

  • oportunidade de conseguir um primeiro emprego com condições de ascensão profissional;
  • flexibilidade para estudar (é possível conciliar estudos e trabalho durante o curso);
  • aprendizados e atividades voltados a uma formação/função profissional específica;
  • pode ser cursado em conjunto com o ensino regular ou EJA (Educação de Jovens e Adultos);
  • diploma de ensino médio técnico com validade perante o MEC (Ministério da Educação);
  • investimento baixo;
  • curso focado na prática do mercado de trabalho;
  • formação rápida, entre 1 e 2 anos;
  • chances de conseguir uma vaga rapidamente, suprindo uma carência por profissionais.

Apesar das muitas vantagens, o curso técnico EAD também traz as desvantagens de um curso a distância normal. Porém, duas desvantagens dos cursos técnicos EAD e presenciais precisam ser especialmente consideradas:

  • cursos técnicos de qualquer natureza não têm validade de ensino superior;
  • muitas áreas pagam menos para técnicos que para profissionais graduados.

Quais as alternativas para uma formação EAD?

Quem deseja uma formação EAD tem algumas opções de formação educacional. Confira!

Cursos técnicos

Como a gente vem dizendo neste post, são cursos de nível médio cujo objetivo é formar o aluno para alguma atividade específica do setor produtivo. 

Tour pela prova do Enem

Cursos de graduação

São cursos superiores, ou seja, você recebe uma formação completa para atuar em alguma carreira. Os cursos são oferecidos nas modalidades Bacharelado, Licenciatura e Tecnólogo. A carga horária e duração variam conforme a profissão, geralmente indo de 2 a 4 anos.

Cursos de pós-graduação

São cursos apenas para quem já tem um diploma universitário. Até pouco tempo, só existiam pós lato sensu (especialização). Desde 2019, o MEC autorizou a realização de pós stricto sensu (cursos de mestrado e doutorado) EAD.

Cursos livres

Temos, ainda, os cursos livres. Ambos têm a finalidade de apresentar algum conhecimento, amplo ou específico, que pode até ser o pontapé inicial de uma profissão, mas o diploma não tem validade perante o MEC.

Eles podem ser oferecidos por um profissional autônomo ou instituição e têm duração variada, conforme a profundidade do curso.

Qual a diferença entre técnico e tecnólogo EAD?

Ainda, é bom você conhecer a diferença entre um curso técnico e um tecnólogo EAD, pois é normal haver essa confusão.

Basicamente, o curso técnico é um curso profissionalizante ao nível médio, enquanto o curso tecnólogo é uma graduação tecnológica, ou seja, um curso superior. Ambos podem ter alguns pontos similares na abordagem, mas o curso tecnólogo é mais profundo e permite que você atue como um profissional graduado em sua área. 

Os cursos tecnólogos têm carga horária mínima de 1.600 horas, mas a duração pode aumentar conforme a área de atuação. Em média, essa graduação dura 2 anos.

Para concluir o curso, é necessário cumprir uma série de requisitos, como carga horária de atividades, estágios e TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), que também mudam conforme a área. 

Antes de terminarmos, fica aqui uma última dica: para decidir se vale a pena fazer um curso técnico EAD ou uma graduação, é preciso olhar para seu momento de vida e carreira. Faça para si a seguinte pergunta: o que vou levar para minha profissão ao optar por uma ou outra alternativa de curso? Essa resposta só você pode dar. 

Mas, se você quiser uma formação completa e que coloque você na trilha do sucesso profissional, sem dúvida, a graduação EAD é a melhor alternativa.

Vem para a Unopar!

Se você não vê a hora de ter uma profissão que vai fazer você brilhar no futuro, sua chance é agora!

Conheça os cursos tecnólogos da Unopar e inscreva-se em sua graduação o quanto antes!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Formas de ingresso na faculdade

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.