Fisioterapia: Conheça tudo sobre a área de atuação do Fisioterapeuta!

fisioterapia neurofuncional

Desconto nota do Enem

Na Fisioterapia, o objetivo é ajudar as pessoas a recuperarem o bem-estar físico. Por isso, saiba mais sobre como é essa área e o seu curso superior. Além disso, conheça um pouco sobre o mercado de trabalho e as principais especializações.

Para que serve a Fisioterapia?

Quando alguém sofre uma lesão ou tem algum problema muscular, indica-se um fisioterapeuta. Esse profissional, junto com a ação de remédios, faz com que o paciente se recupere mais rápido. Portanto, o objetivo dessa área é:

  • Preservar;
  • Manter;
  • Desenvolver;
  • Restaurar (reabilitação).

Os órgãos, sistemas e funções do corpo dependem bastante desses passos. Assim, são usados saberes e recursos para o processo terapêutico. A fim de melhorar a qualidade de vida por meio de diferentes estudos. 

Trabalho de um Fisioterapeuta

O fisioterapeuta aplica terapias para tratar diferentes tipos de doenças e lesões. Dessa forma, faz uso de massagens e exercícios na água. Aliás, realiza tratamentos à base de frio e calor. 

Na fisio é feita a análise de exames e laudos médicos. Com isso, dá para se ter uma visão melhor do estado de saúde do paciente e dos danos. Além disso, observa os movimentos do paciente, para descobrir possíveis problemas ou dores. 

O que é a Fisioterapia Preventiva?

Serve para evitar riscos por esforços repetitivos e amenizar sintomas de doenças articulares. Também atua na redução da tensão muscular com trabalhos de relaxamento. Assim, inclui-se exercícios de respiração e alongamento do corpo.

Para saber o que cada pessoa precisa, é essencial conhecer os hábitos do paciente. Por exemplo, se pratica algum esporte, quais e por quanto tempo, assim como: 

  • Como é o seu trabalho;
  • Saber se ele fica muito tempo em pé ou sentado;
  • Como é a postura do corpo.

Com esses dados, o fisioterapeuta indica um tratamento. Então, a partir deles, a postura é corrigida, os músculos são alongados antes e depois do trabalho. Além disso, os treinos com a respiração podem ajudar a quem tem ansiedade a dormir melhor. 

Quais são as áreas de atuação?

Ao se especializar em um curso de Fisioterapia, pode-se escolher vários campos de atuação. Assim, entre eles estão:

  • Acupuntura;
  • Cardiovascular;
  • Aquática;
  • Dermatofuncional;
  • Gerontologia;
  • Neurofuncional.

Existem muitas outras e para trabalhar em qualquer uma delas, precisa-se de um registro. Para isso, basta procurar o órgão responsável (Crefito) em sua cidade. Mas, antes, o profissional precisa comprovar a sua graduação no curso. 

Conheça um pouco sobre algumas áreas

A aquática já é bem popular hoje em dia. Isso porque, ela faz atividades como imersões, banhos e até beber águas naturais ou termais. Assim, é para ajudar na respiração, fortalecer os músculos e aliviar as dores. 

Na Fisioterapia neurofuncional, a missão é ajudar todos que possuem limitações físicas ou motoras. No geral, casos de doenças degenerativas ou neurológicas. Portanto, o tratamento auxilia os pacientes a se movimentarem melhor. 

Existe também a fisioesportiva, onde o fisioterapeuta faz uso de técnicas para evitar danos em atletas. Então, ele atua em clubes, centros de esporte e academias. 

Tour pela prova do Enem

Veja como é a faculdade de Fisioterapia 

O curso se dá pela formação de bacharelado, com duração média de cinco anos. Assim, a grade de matérias conta como: 

  • Anatomia;
  • Biologia;
  • Saúde pública;
  • Fisiologia.

As técnicas de tratamento usadas em sessões de Fisioterapia, são na maioria ensinadas em aulas práticas. Por exemplo, massoterapia, termoterapia, fototerapia e hidroterapia.

Na graduação, há um grande preparo sobre ética e empatia. Além disso, o aluno recebe o saber, a fim de ajudar na recuperação da saúde alheia.

Como é o mercado de trabalho?

É bem amplo para o fisio, devido às diversas áreas de atuação. Mas, existe uma certa concorrência no setor, ainda mais nas cidades grandes. Por isso, a especialização em algum campo diferente é essencial.

Um fisioterapeuta pode trabalhar em hospitais, clínicas e empresas privadas na função de Fisioterapia do Trabalho. Além disso, pode atuar como autônomo, fazer pesquisas científicas ou seguir na carreira acadêmica. 

Quanto custa a faculdade?  

O valor mensal do curso varia de acordo com a instituição que o oferece. No entanto, a boa notícia é que existe a chance de conseguir bolsas de estudos. 

Algumas unidades até mesmo contam com a opção de se formar a distância ou de modo semipresencial. Com isso, o custo é menor e é preciso frequentar o campus apenas nas aulas práticas.

Como se tornar um bom fisioterapeuta

Mesmo que você tenha amor pela profissão, é importante ter algumas características essenciais como:

  • Empatia no cuidado com o outro;
  • Boa comunicação;
  • Facilidade para trabalhar em equipe. 

A intenção é formar um trabalhador responsável e empático. Afinal, o objetivo é estar apto a motivar os pacientes a não desistirem. Acima de tudo, precisa-se agir com cuidado, carinho e paciência. 

Inscreva-se na Unopar

Os métodos usados na graduação em Fisioterapia são para resolver problemas. Bem como, pretende humanizar o profissional para ter sucesso na carreira. Assim, no curso, o aluno passa por situações para desenvolver o raciocínio clínico. 

Nos estágios obrigatórios, ele vai lidar com pacientes de verdade. Além disso, possui a opção de ensino semipresencial. 

Com isso, é possível conciliar todas as áreas da sua vida e contar com mais flexibilidade nos estudos. Por isso, não perca tempo e se inscreva já.

Inscreva-se hoje mesmo no vestibular da Unopar clicando aqui.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.5 / 5. Número de votos: 14

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Formas de ingresso na faculdade

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.